Ex-prefeitos são denunciados após operação contra organização criminosa no Piauí


O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e da Promotoria de Justiça de Barro Duro, concluindo as investigações criminais objeto da Operação Ibi Clausus, ofereceu denúncias contra investigados em esquema criminoso chefiado pelo ex-prefeito do município de Passagem Franca do Piauí, Raislan Farias dos Santos, o Lan, e pelo ex-prefeito de Agricolândia, Walter Alencar. A organização era constituída também por servidores municipais e pessoas que montaram empresas fantasmas, assinando contratos com o município de Passagem Franca.


Pela complexidade e volume das informações produzidas, a investigação foi desdobrada em fases, a partir dos núcleos de atuação, o que resultou no oferecimento de três denúncias criminais perante o juízo de Passagem Franca.

A investigação concluiu que existia uma organização criminosa responsável pela criação de empresas fictícias criadas para vencer licitações fraudadas e desviar recursos públicos por meio de subcontratações, sem a execução do objeto contratado e com sobrepreços.

As apurações revelaram ainda que muitas de tais empresas eram integradas por familiares ou pessoas com relacionamento direto com os gestores, com a utilização de servidores para repasse dos recursos públicos desviados.

Estima-se que foram desviados, aproximadamente, R$ 6.261.265,90 dos cofres públicos.
Fonte: MP-PI

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.