O despertamento espiritual


“Por isso é que foi dito: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre ti”. (Efésios 5:14).

 

INTRODUÇÃO:

Certamente, todos já ouvimos a famosa expressão: “não durma no ponto”. Pois bem, aprendi literalmente seu sentido com duras penas. Certo dia, em determinado terminal rodoviário enquanto aguardava ansiosamente o tão esperado ônibus, acabei cochilando por alguns minutos e ao despertar, logo percebi que tinha perdido o seu horário e consequentemente atrasei minha viagem por longas e deprimentes horas, situação extremamente constrangedora. A grande lição assimilada, é que quando estamos com viagem marcada não podemos dormir no ponto.

O apostolo Paulo exorta veementemente a igreja cristã a viver urgentemente um verdadeiro despertamento, tal repreensão nos leva a entender que existe uma espécie de “sonolência espiritual” que tende a se apoderar do povo de Deus. Vejamos alguns exemplos de tais sonolências registrados na bíblia:

  • O sono da imprudência: A sonolência de Sansão. (Jz 16.19).    “Tal sono lhe custou a moral, honra, força e por fim a própria vida”.
  • O sono da indiferença: A sonolência de Jonas. (Jn 1.5).    “Tal sono lhe custou tensas tempestades e terríveis prejuízo aos que estavam em sua companhia”.                                                                                                             
  • O sono da displicência: A sonolência dos apóstolos. (Lc 22.43 – 46).  “Tal sono lhe custaram o privilegio de contemplarem uma visão celestial e angelical”.                                                                                                          
  • O sono da distração: A sonolências de Êutico. (At 20.09).   “Tal sono lhe custou uma horrível queda e consequentemente sua própria vida”.                                                                                                                                    

Tais sonolências resultam diretamente da indolência humana que tende a negligenciar a importância e seriedade do reino de Deus. Por esse mesmo motivo, o apostolo Paulo enfaticamente nos convoca para vivermos um autentico despertamento espiritual.

 

TEMA:                                                             DESPERTAMENTO ESPIRITUAL

 

Como podemos e devemos nos despertar?

          I.       ANDANDO PRUDENTEMENTE:

“Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios”. (Ef 5:15).

A.     Andando em espírito:

  • “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne”.( Gl 5:16).

B.     Andando na luz:

  • “Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”.  (Ef 5:8).

         II.       REMINDO O TEMPO:

Remindo o tempo; porquanto os dias são maus”. (Ef 5:16).

 A.     Conhecendo o tempo:

  • “E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”.  (Rm 13:11).

B.      Discernindo o tempo:

  • “Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos?” (Mt 16:3a).

        III.       COMPREENDENDO A VONTADE DO SENHOR:

“Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor”. (Ef 5:17).

A.     Fazendo a vontade do Senhor:

  • “para que, no tempo que lhe resta, não viva mais para satisfazer os maus desejos humanos, mas sim para fazer a vontade de Deus”. (I Pe 4:2).

B.     Experimentando a vontade de Deus:

  • “… para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”. (Rm 12:2). 

       IV.       ENCHENDO-SE DO ESPÍRITO SANTO:

“E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito”. (Ef 5:18).

A.     Louvando de coração ao Senhor:

  • “Falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor”. (Ef 5:19).

B.     Dando graça por tudo ao Senhor:

  • Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”. (Efésios 5:20).
  • Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (I Ts 5.18).

CONCLUSÃO:

Existem diversas advertências bíblicas contra a sonolência espiritual, somos constantemente exortados a vivermos em plena sobriedade: “Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios”. (I Ts 5.6). Infelizmente, alguns se encontram espiritualmente dormindo na indolência da insensibilidade, insensatez e inatividade.

O inimigo (ladrão) age justamente quando estamos dormindo ou cochilando, é exatamente onde ocorrem os maiores assaltos aos lares e terríveis acidentes no trânsito. Desperta igreja para não ser extorquida e usurpada pelo inimigo, desperta igreja para não sofrer trágicas e desastrosas colisões na estrada da vida.

É tempo de nos despertarmos para que o Senhor quando vier não nos encontre adormecidos. “Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo”. (Mc 13:36). Quando estamos de viagem marcada não podemos dormir no ponto. Desperta igreja, levanta-te e Cristo te resplandece.

 

POR GECIANO VIEIRA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.