Presidente Jair Bolsonaro sanciona projeto contra endividamento de consumidores


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), sancionou o projeto que altera o Código de Defesa do Consumidor para evitar o “superendividamento” de pessoas. A sanção foi publicada nesta sexta-feira (02), no Diário Oficial da União.

Segundo o tema do projeto, o “superendividamento” ocorre quando um consumidor tenta pagar suas dívidas, porém, não consegue se adequar com as condições de renegociação. Com a aprovação, um determinado valor deve ser preservado para o consumidor. Esse valor é chamado de subsistência.


O presidente também aprovou algumas mudanças no projeto, como as novas regras para trazer mais transparência nos contratos de crédito e na publicidade ou no anúncio de crédito e um novo processo de renegociação de dívida com a realização de audiência conciliatória.

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro permitiu a alteração no Estatuto do Idoso, fazendo com que a partir da sanção, a negativa de crédito por "superendividamento" para algum idoso não seja considerada crime.

O relator do projeto foi o senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL), segundo ele, 62 milhões de pessoas no Brasil estão inadimplentes, o que significa 57% dos adultos no país.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.