PF apreendeu carro e R$ 60 mil com suspeito de fraudar INSS em José de Freitas - PI


A Polícia Federal e a Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia (CGINT) apreenderam, durante a Operação Réplica, deflagrada nesta terça-feira (08), R$ 60 mil em dinheiro dentro do imóvel de um dos suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que fraudava benefícios do INSS em José de Freitas.

De acordo com o delegado Eduardo Monteiro, os policiais ainda apreenderam durante a operação um veículo Fiat Siena, diversos documentos falsos, requerimentos de concessão de benefícios e cartões bancários. Ao todo, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão. A polícia não revelou o nome dos alvos da operação.

PF apreendeu carro e dinheiro de quadrilha que fraudava INSS

“O objetivo da operação foi desarticular uma associação criminosa voltada a fraudar benefícios assistenciais ao idoso. Até o momento foram identificados 34 benefícios assistenciais que foram fraudados por essa associação criminosa. Foram cumpridos 9 mandados judiciais, sendo dois de prisão preventiva e sete de busca e apreensão. Foram apreendidos aproximadamente 60 mil reais, um veículo, além de vasta documentação, documentos falsos, requerimentos de concessão de benefícios, históricos de créditos, cartões bancários e outros”.
Foto: Divulgação/PF PI
PF apreendeu documentos falsos de quadrilha

Prejuízo de R$ 2,1 milhões

Segundo a Polícia Federal, as investigações apontaram que a organização criminosa fraudou 34 benefícios assistenciais ao idoso, o que causou um prejuízo efetivo ao INSS de aproximadamente R$ 2,1 milhões. A PF informou que se não houvesse a desarticulação da associação criminosa, o prejuízo ao erário poderia chegar a ordem superior de R$ 3,5 milhões.

Operação Réplica


A Polícia Federal, em parceria com a Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia (CGINT), deflagrou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (08), a Operação Réplica, com o objetivo de desarticular uma associação criminosa especializada em realizar fraudes em benefícios assistenciais ao idoso.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Teresina, José de Freitas e Timon-MA.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.