pacientes de Manaus desembarcam no aeroporto de Teresina


Desembarcou em Teresina, por volta das 11h40 desta sexta-feira (15), o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) trazendo de Manaus 09 pacientes diagnosticados com covid-19, que ficarão internados no Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU/UFPI). Todos eles já foram retirados e estão no hospital.

Os pacientes precisaram ser transferidos devido à crise instalada em Manaus, que enfrenta um novo pico da pandemia e está sem leitos suficientes e sem estoque de oxigênio para atender a grande demanda.

Inicialmente eram esperados 30 pacientes, no entanto, cidades mais próximas se ofereceram para receber esses pacientes, já que o deslocamento de Manaus para Teresina demandaria uma quantidade maior de oxigênio, que está em falta no Amazonas.

Logo após o desembarque no Aeroporto Senador Petrônio Portella, médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), fizeram a triagem nos pacientes, para saber em que tipo de ambulância cada um deveria ser transportado. Foram disponibilizadas uma van e 11 ambulâncias, sendo duas de suporte avançado, seis de suporte intermediário e três de suporte básico, para realizar o transporte até o Hospital Universitário.

A Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (Strans) de Teresina acompanhou o transporte das ambulâncias com os pacientes, em uma operação de logística com um percurso específico para garantir que os veículos do Samu chegassem mais rápido ao HU.

Entenda o caso

Nessa quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, entrou em contato com o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, informando que enviaria 30 pacientes com covid-19 de Manaus para o HU da UFPI.

O estado do Amazonas vive a segunda onda da covid-19 e os hospitais de Manaus estão à beira do colapso por conta do aumento descontrolado no número de infectados.

Segundo o Albuquerque, já havia sido organizada toda a logística para fazer o transporte dos pacientes do aeroporto até o hospital. "Já organizamos a logística de recebimentos dos pacientes. Ambulâncias avançadas, equipe de triagem, oxigênio, máscaras, cadeiras de rodas, apoio de transporte. O Hospital Universitário irá receber os pacientes", detalhou o médico.

Atraso

Anteriormente, a chegada do avião com os pacientes em Teresina estava prevista para as 13h desta quinta (14) e em seguida atrasou para 18h, a motivação seria um atraso no abastecimento de oxigênio no avião da Força Aérea Brasileira. No final da tarde, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que a aeronave iria sair de Manaus somente às 19h30, no entanto, o voo só saiu, na manhã desta sexta-feira (15).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.