Documentário piauiense 'A Irmandade' será exibido na Globonews dia 24/01

 


Sobre o documentário

O documentário de longa-metragem conta a história de três jovens que usam a música para superar os problemas da violência nas comunidades carentes onde vivem. Dois são filhos de policial militar e a pressão se intensifica quando eles passam a denunciar situações de abuso e violência por parte de alguns policiais militares específicos que atuam na região do Promorar. O filme mostra o triste relato da violência entre gangues, na visão dos jovens, de pais e parentes de jovens que sofreram com toda essa situação e na visão da Polícia. E as ações que cada um tomou diante dos conflitos territoriais para mudar essa realidade.

Sinopse 

O filme “A Irmandade” acontece na região do grande Promorar, zona Sul de Teresina, que enfrenta uma crise de violência há muitas décadas, fruto principalmente da briga entre gangues. O ápice dessa crise aconteceu entre 2014 e 2015, impactando com seus números o Atlas da Violência, produzido pela Fórum Nacional de Segurança Pública, colocando Teresina entre as capitais mais violentas do Brasil durante esse período. As duas gangues mais truculentas trabalhavam de maneira territorial nas Vilas São José e Santa Cruz. Cruzar a fronteira de um lado para o outro poderia significar risco de vida.

A “Irmandade” surge nesse contexto: dois irmãos, moradores da Vila São José, se uniram a outro jovem da Vila Santa Cruz para formar um grupo de Rap. O seu objetivo: através da música, buscar um caminho de conscientização e acabar com a guerra entre as gangues ou o envolvimento prematuro de crianças e jovens nesse conflito.

Direção

O filme, assim como o curta, é dirigido por Juscelino Ribeiro, jornalista por formação, há três anos atua como diretor e roteirista. Juscelino foi selecionado como melhor roteirista jovem e junto com a Framme, premiado com parte dos Recursos para executar Deixa a Chuva Cair, com 20 minutos de duração.

Alexandre Mello é diretor, roteirista e produtor, na Framme Produções. No Irmandade, divide o roteiro com Juscelino e atuou como Produtor Executivo.

Fonte: Com informações da assessoria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.