CRUELDADE| Polícia apreende 33 cilindros de oxigênio escondidos em caminhão


A Polícia Civil e a Polícia Militar do Amazonas prenderam um homem de 38 anos por conduzir veículo com 33 cilindros de oxigênio. Uma denúncia anônima informou sobre a movimentação do caminhão, que estava parado no bairro manauense de Alvorada, e cilindros estavam sendo retirados para veículos particulares. Sistema de saúde da região passa por crise em meio a falta de oxigênio. O caso aconteceu na tarde dessa quinta-feira, 14.


O condutor foi preso, mas seu nome e o da transportadora não foram divulgados. O homem ficará preso à disposição da Justiça e vai responder por reter produtos para o fim de especulação. Dos 33 cilindros, 26 possuíam oxigênio.

Segundo o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), durante o interrogatório o homem informou que possui uma empresa de comercialização de cilindros de oxigênio, mas ficou com medo de que a população invadisse o estabelecimento em busca do material e decidiu tirá-lo do local. Ele informou também que os cilindros haviam sido envasados na quarta-feira,13.


Quero conteúdo exclusivo!
Assine OP+, nossa plataforma de multistreaming, e tenha acesso aos nossos colunistas, grandes reportagens, podcasts, séries e muito mais.

Os materiais apreendidos foram encaminhados na noite do mesmo dia, 14, para unidades hospitalares de Manaus, segundo o delegado. Os policiais civis fizeram a escolta do material para abastecimento em quatro unidades de saúde da rede estadual.

Crise de saúde em Manaus

A situação de combate a Covid-19 se agravou em Manaus nessa semana. Ontem, o pesquisador da Fiocruz-Amazônia Jesem Oerellana afirmou à jornalista Mônica Bergamo que tem recebido vídeos, áudios e telefonemas de pessoas que atuam na linha de frente de unidades de saúde com informações desesperadoras: uma delas é que o oxigênio acabou nos hospitais e as unidades viraram "câmaras de asfixia".

A gravidade fez o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciar novas medidas para tentar conter a disseminação do novo coronavírus. Entre as restrições, está a proibição da circulação de pessoas nas ruas de todo o Amazonas, das 19h às 6h.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), prestou solidariedade ao estado. “Liguei hoje para o governador do Amazonas, Wilson Lima, colocando o Ceará à disposição para ajudar naquilo que estiver ao nosso alcance diante da grave crise enfrentada em Manaus”, afirmou o gestor cearense.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.