Whindersson Nunes presenteia cantora Simone com quadros de artista piauiense de 9 anos


O humorista a presenteou durante uma live na noite dessa sexta-feira (28).
Após conhecer o trabalho do piauiense Pedro Gui, de apenas 9 anos, o humorista Whindersson Nunes decidiu presentear a cantora Simone com dois quadros do jovem artista durante a live do chá de revelação da compositora na noite dessa sexta-feira (28). Durante o isolamento social, a criança já criou mais de 30 telas com homenagens a personalidades do esporte e da música em cores vibrantes, inspiradas nas pinturas do artista plástico brasileiro Romero Britto.

Whindersson Nunes o conheceu após ele retratar o humorista em uma tela e divulgar nas redes sociais. Ao G1, a mãe do artista mirim, Aline Fortes, disse que o humorista ficou encantado com o talento de seu filho.

“Quando ele desenhou o Whindersson, postou nas redes sociais e marcou ele que, logo quando viu, se apaixonou pela arte do Pedro. Desde esse dia, nós passamos a ter contato direto com ele”, afirmou.
Segundo ela, o youtuber contou que Simone, da dupla sertaneja Simone & Simaria, estava grávida, mas que ainda ninguém sabia. Porém, ele queria a presentear com um quadro dela ao lado de seu marido Kaká Diniz. Essa seria a primeira fez que Pedro iria retratar um casal.

“Pouco tempo depois ele disse que a Simone estava grávida, mas que ninguém sabia e era uma surpresa. E aí ele fez esse desafio para o Pedro: ‘Será que o Pedro desenha a Simone grávida com o Kaká?’ E eu disse que não sabia porque ele nunca tinha feito um casal. Foi um desafio para ele porque foi em uma tela grande, mas foi incrível. Então, o Pedro aproveitou e desenhou o Henry”, lembrou Aline.

Os dois quadros demoraram uma semana para serem produzidos, foram emoldurados e enviados para o humorista. Ao assistir a live, Aline contou que ficou emocionada e que Pedro também ficou bastante feliz.

“Ele ficou emocionado assim como eu. Não tem como não ficar. Parece que o Pedro nasceu para isso. Tudo eu choro e fico nervosa e ele age com naturalidade, como se fosse algo que era para acontecer. O Pedro ficou muito feliz. Embora ele seja muito desenrolado para falar, ele também é muito tímido com certas emoções”, comentou a mãe do artista.

O encanto pelas obras do artista plástico Romero Britto é antigo, mas somente no isolamento social que Pedro Gui começou a fazer as pinturas em tela com o apoio e incentivo da mãe.

“Eu tenho várias pastas de desenhos dele feitos com lápis, com coleção, enfim. E aí quando começou a pandemia, eu fiquei sem saber o que fazer com ele. Eu comprei umas telas e disse para ele passar os desenhos para elas, seguindo a inspiração que ele tinha do Romero Britto, porque desde quando ele conheceu as obras do artista, achou a coisa mais bonita do mundo”, revelou Aline.

FONTE: G1 PI

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.